Translate

quarta-feira, 14 de março de 2012

hoje é o dia da Poesia

Que tal, Canção de Alta Noite! De Cecília Meireles?


ALTA NOITE, LUA QUIETA,
MUROS FRIOS, PRAIA RASA.

ANDAR, ANDAR, QUE UM POETA
NÃO NECESSITA DE CASA.

ACABA-SE A ÚLTIMA PORTA.
O RESTO É O CHÃO DO ABANDONO.

UM POETA NA NOITE MORTA,
NÃO NECESSITA DE SONO.

ANDAR... PERDER O SEU PASSO
NA NOITE, TAMBÉM PERDIDA.

UM POETA, À MERCÊ DO ESPAÇO,
NEM NECESSITA DE VIDA.

ANDAR... ENQUANTO CONSENTE
DEUS QUE SEJA A NOITE ANDADA.

PORQUE O POETA, INDIFERENTE,
ANDA POR ANDAR SOMENTE.
NÃO NECESSITA DE NADA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário!!!